domingo, 24 de novembro de 2013

domingo, 10 de novembro de 2013

Aquilo que é já não pode não ser!







Nem todas as palavras deste mundo chegarão para te fazer perceber que aquilo que é já não pode não ser! Apenas a tua reflexão profunda te poderá permitir deixar de discutir com o presente, deixar de lutar com a realidade, deixar de negar o agora. E tudo, mas mesmo tudo, fará então um novo sentido!

 

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Dói...



"Não importa o quanto algo nos machuca, às vezes se livrar dele dói mais ainda."
 

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

e foi assim aos 33 :)

"Tenho amigos para saber quem eu sou,
pois vendo-os loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos,
nunca me esquecerei de que a normalidade é uma ilusão imbecil e estéril."


Fernando Pessoa




..... OBRIGADA DO FUNDO DO CORAÇÃO

terça-feira, 24 de setembro de 2013

33 anos ... :)

Tal como o mar avança e recua, também nós avançamos e recuamos com a maré da vida (...) Nos braços da fraqueza está a força, ansiosa por se libertar. Na opressão da dor está o prazer, esperando apenas ser. E no caminho dos obstáculos está a oportunidade (...) A experiência nem sempre é a verdade, pois é colorida pelos olhos através dos quais é vista. É no silêncio da nossa mente que ouvimos a verdade (...) Cada novo momento é um banquete de possibilidades novas. (...) E tudo o que é, em breve será tudo o que foi. 
 


Este Blog faz hoje 4 anos, este dia é festejado à 33 anos, há quem me tenha dito que entrei na idade de Cristo, há quem me tenha dito que sentem que este ano vou ser muito feliz, há que tenha dito que tenho que acalmar o meu coração, há quem tenha dito para não fazer nada, apenas esperar, deixar acontecer e seguir o meu coração... amigos, família, gente boa que me acompanha há 33 anos.
 
Que seja um bom ano, que seja o meu ano... PARABENS A MIM :)
 
 

sábado, 24 de agosto de 2013

"Eu não quero ter razão. Eu quero é ser Feliz !


Parece que as paredes dos quartos daqui de casa vão ser pintadas e ter um toque personalizado! Desta vez a cor vão reinar, desde os lilases, aos laranjas e talvez aos verdes…
 Na minha procura por cor, foi escolhido o belo do lilás, não sei, sempre gostei e vai ser escuro, bem diferente do lilás suave que pensei inicialmente, queria pôr algo de diferente também, sempre gostei de frases, ou algo desenhado num canto do quarto ou mesmo no cimo da cama… Ainda não sei o que vai ser, mas encontrei esta foto... Adorei a frase... Não a vou por...mas é linda e tão verdadeira no meu ponto de vista!

Também eu não quero ter nem razão nem apenas deixar de acreditar em milagres, ou que o tempo dirá, ou que a seu tempo existem sentimentos que mudam, nascem ou nos vão surpreender...ou que o destino existe…
Que o que é nosso a nós virá, ou o que é nosso está guardado, ou sei lá... tantas e tantas frases que nos dizem os amigos para nos tentarem de alguma maneira acalmar o coração e fazer acreditar que a felicidade está em cada dia, em coisas simples e simplesmente apenas em nós individualmente...
Mas como a Iolanda diz, o mais importante é entregar o meu coração a Deus, acalmar, deixar andar e CONFIAR... confiar no que Ele tem para mim, e que o tempo vai ajudar...
 
Mas tal como a frase eu apenas e só QUERO SER FELIZ!!!

 

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Enquanto estás vivo, sente-te vivo...


A pele cria rugas, o cabelo torna-se branco, os dias transformam-se em anos…
Mas o mais importante não muda; a tua força e convicção, não tem idade.
O teu espirito limpa tudo o que é fútil.
Por trás de cada linha de chegada, há uma de partida.
Por trás de cada sucesso, há outro desafio.
Enquanto estás vivo, sente-te vivo.
Se estranhas o que fazias, volta a fazê-lo.
Não vivas de fotos amarelas…
Continua, mesmo que todos esperem que abandones.
Não deixes oxidar o aço que há em ti.
Age de maneira que, em vez de te lastimarem, te tenham respeito.
Quando, devido aos anos, não podes correr, anda mais devagar.
Quando já não podes caminhar, usa uma bengala.
Mas nunca pares.

Madre Teresa de Calcutá

sábado, 17 de agosto de 2013

Entender Jesus é um desafio....

Incendeia o mundo de amor

Entender Jesus é um desafio....

É na entrega que está o segredo,
É assentar a razão num fio
E caminhar firme, sem medo.

Escutar Jesus é como sentir
E só assim O conseguimos ouvir.
Ele fala de paz e divisão,
Fala de coração a coração.

O amor no coração torna capaz
De por todos dividir a paz
Ousa seguir Cristo, o Senhor,
E incendeia o mundo só de amor.

P. José António Carneiro
(Aveiro)
 

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Ponho o meu coração nas Tuas mãos...


Conheces as minhas lutas, as minhas dores, o meu amor...conheces tudo o que tenho passado meu Deus, questiono-me: se o continuas a por no meu caminho, que significa isso?!
Magoa-me estar com ele...mas não consigo estar longe dele... e Tu pões-mo no meu caminho sempre... porque?

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Make a dream come true...

 


"Só é possivel atingir um sonho quando se tem a vontade necessária para tanto. Não basta entusiasmo, paixão, desejo - é preciso força e concentração também"

sábado, 10 de agosto de 2013

" Só quero que sejas feliz Katy..."

 
 
Ontem foi mais um dia difícil, muito difícil...curioso é que entrei de férias...mas falta-me algo...algo que para mim é muito importante para que fossem " ferias"...
Estava triste, daquelas tristezas que nos corroem a alma e nos cansam por fora...Não queria sair, não queria ir a lado nenhum...só queria estar sozinha... tem sido frequente de mais...
Mas custa mais quando isto acontece: a nossa mãe, aquela pessoa que nos ama mais na nossa vida, que faz tudo por nós, é a primeira pessoa a sofrer por nós quando algo nos faz sofrer, quando algo nos dói... a minha mãe também anda cansada de ver a filha triste e a desistir... e custa quando chega ao quarto e em lágrima se senta á beira da cama e diz "Eu só quero que sejas feliz Katy...", fico sem reação, não sei que dizer, porque tentei, tento e não consigo acertar em caminho nenhum...porque há sempre "o" caminho que me prende, que me puxa para trás...
Tento dizer que também eu quero ir ardentemente, que tenho perdido anos de vida a tentar perseguir um sonho que parece, que é impossível… como conseguimos largar os nossos sonhos?! Não é fácil…o caminho está a ser muito duro mesmo…mas continuo a caminhar lesta luta que é o “amor”, para alguns algo tão simples que nunca pensam nem acreditam que se pode sofrer tanto…mas sim, sofre-se muito por vezes

terça-feira, 6 de agosto de 2013

As tuas dúvidas vão acabar por dar uma direção às tuas incertezas...


 
 
Como dizia o poeta
Quem já passou por essa vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
Porque a vida só se dá pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu
Ah, quem nunca curtiu uma paixão nunca vai ter nada, não
Não há mal pior do que a descrença
Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão
Abre os teus braços, meu irmão, deixa cair
Pra que somar se a gente pode dividir
Eu francamente já não quero nem saber
De quem não vai porque tem medo de sofrer
Ai de quem não rasga o coração, esse não vai ter perdão
Quem nunca curtiu uma paixão, nunca vai ter nada, não

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

NADA COMO O TEMPO ... o caraças

"Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.

Percebe também que aquele alguém que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente não é o "alguém" da sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.

O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!"

Seria bom se fosse tão simples...  agora experimenta dizer isto e amar alguem do fundo da tua alma :(



quinta-feira, 1 de agosto de 2013

O que tenho para te oferecer?


Bato à tua “porta”!...

Bato suave, mas insistentemente.
Abres-me a porta?...

Por favor,
Não te feches no casulo
Das tuas defesas pseudo-protetoras,
Mantendo-me a uma distância segura…
Não te tranques por dentro,
Porque não poderei entrar,
Se não fores tu a abrir o cadeado do teu coração…

No meio da multidão que me cerca,
Sinto-me só!...
Talvez tu, no fundo,
Também te sintas um pouco só!

O que tenho para te oferecer?
Tenho:
- A oferenda do meu “eu” mais honesto, através da mais honesta autorrevelação;
- O melhor de mim própria, sem disfarces ou hipocrisias;
- Uma sincera preocupação em relação a ti através de um genuíno interesse e cuidado;
- A necessidade de te fazer acreditar no teu valor, e te ajudar a seres, cada vez mais, tu próprio;
- O meu empenho na tua felicidade e realização pessoal;
- Carradas de aceitação, sinceridade e honestidade;
- Uma imensa confiança, assente na verdade e autenticidade;
- Montanhas de compreensão e respeito pela tua personalidade, pela tua individualidade, pela tua peculiaridade;
- Toneladas de carinho;
- Rios de ternura e cumplicidade;
- Bondade, entrega e alegria numa doçura infinita;
- Uma profunda comunicação como sangue vital do amor;
- A “divisão” dos fardos da vida, ao compartilhá-los;
- Muito amor que liberta, encoraja e desafia estimulando-te carinhosamente…

Quem sou eu?
Uma mulher muito simples,
Sem importância de maior,
Mas humilde e verdadeira
Com um coração para partilhar…
E muito para dar.

É verdade
Que tenho muitas “portas” abertas…
Algumas delas até abertas de mais…
Muitos convites para entrar…
Mas, só “em tua casa”
Tenho a sensação de pertencer
E alcançar um lugar chamado “lar”.

Porque…
Só posso encontrar
A  minha verdadeira liberdade
Nos elos que me ligam a ti…


domingo, 21 de julho de 2013

:( apenas isto

Estás enraizado em mim... por isso não te conseguir soltar...



Assim a felicidade nem a paz, vai chegar a mim...

sábado, 15 de junho de 2013

Estamos em constantes mudanças...


Estamos em constantes mudanças, percebo a cada dia que a vida é realmente feita de momentos, nada dura pra sempre, mas não quer dizer que não seja eterno, um momento bom pode durar um segundo e eternizar-se nas nossas memórias, é engraçado como as pessoas entram nas nossas vidas, viram-nas de cabeça para baixo e simplesmente seguem as suas vidas, porque esse era o seu papel, nada mais, não era pra ficarem nas nossas vidas para sempre, mas eternizar esses bons momentos, os maus servem para nos ensinar, nos preparar, sempre quando uma grande tempestade passa, vem sempre a bonança, ou pelo menos é o que diz esse provérbio, grrrrr…., porque somos assim, peças de quebra-cabeças, que se vão encaixando pouco a pouco, a cada conversa a cada olhar um momento é construído e por isso é lindo e mágico acordar a cada dia e ver que ainda posso participar desse momento maravilhoso...

 Não é fácil….mas é possível

domingo, 9 de junho de 2013

Dia 9 de Junho... em "A cabana"

"Ah, Mackenzie, se soubesses...Não é o trabalho, mas antes o propósito que o torna espeacil.
Além disso - acrescenta Sarayuy. sorrindo -, é o unico tipo de trabalho que faço"

de " A cabana - Reflexões"
 
Quem leu o livro "A cabana" sabe de quem se tratam estas personagens.
Ajuda-me Deus a não perder a objectividade, mesmo nas coisas mais simples da vida - o mundano, o necessário, a rotina, o habitual.
 
 


terça-feira, 28 de maio de 2013

Preciso sintonizar-te...

Como encontrar-te no meio do ruído,

Este bulício que nos acompanha por dentro e por fora
e de que não nos libertamos facilmente,
Esta pressa e anseio de chegar a tudo,
tudo cumprir, e, antes de cumprir
ter a dúvida se não haverá outra urgência maior?
Andas por aqui, na rua, nas praças, nos mercados,
pequenos e hiper, na velocidade, no trânsito,
neste atordoamento de atos e sons que nos
desorientam e desarrumam a alma?
Estás por aqui, Senhor, ou só
te encontraremos nos
silêncios dos nossos desertos?
Se ouço rádio, ou vejo televisão,
escuto e vejo uma estação, um programa
entre centenas.
Preciso sintonizar-te, escolher- te,
e chegarás em pleno ao nosso coração.
Ajuda-nos a escolher-te como o programa certo,
o único que responde a todas as nossas questões.

Pe. António Rego
daqui :)

domingo, 26 de maio de 2013

Sem Paciência...


Eu sei, Juro que sei…e mais, ainda há as frases: “ o que é nosso a nós virá!"; "Quem espera sempre alcança!"; " A paciência é uma virtude!” e tudo e tudo e muito mais…
A verdade é que ando sem paciências…os últimos tempos não têm sido fáceis, os meus últimos quatro anos não têm sido fáceis…sim, sei que alguns vão ler isto e pensar: "então tens os teus pais que te adoram e ajudam imenso, tens uma irmã fantástica que está sempre a teu lado, tens trabalho e saúde…”
Sim, tenho isso tudo, mas falta-me algo fundamental AMOR, e quase começa a faltar-me amor-próprio. Ando sem paciência para esperar, sem paciência para o “não sei”, o “tem calma”, “ quem sabe um dia” e muitas vezes já para os “estou cansada ou o não me apetece de muita".
Sinto que a vida me passa ao lado e o tempo não para, sinto que devo e tenho culpa disso tudo mas já não sei que fazer…ando sem paciência e não tarda começam a fartar-se da minha falta de paciência, não os(as) posso condenar… afinal a culpa é minha!

quinta-feira, 2 de maio de 2013

O livro que ocupa o lugar na minha mesinha de cabeceira no momento :)

 
O livro que ocupa o lugar na minha mesinha de cabeceira no momento :)

quinta-feira, 25 de abril de 2013

"Cansaço"...é isto mesmo

O que há em mim é sobretudo cansaço —
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.

A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto em alguém,
Essas coisas todas —
Essas e o que falta nelas eternamente —;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada —
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...

E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto...
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço,
Íssimno, íssimo, íssimo,
Cansaço...

Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa
 

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Amanhã é noite :)

Amanhã é noite de matar saudades, de viver, partilhar, sorrir...rezar e amar...

sexta-feira, 29 de março de 2013

Crer em TI ....

SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO

Naquela quinta-feira um dos seus te deu um beijo
Não um beijo de amor... Mas de pura traição
Entregando-te aos soldados do desamor
Aqueles que te prenderam... Açoitaram-te
Ao invés de sentir por ti compaixão
Machucaram-te até fazer a tua carne sangrar
O que tu passaste naquela noite só tu o sabes
E aqueles que lá junto a ti se encontravam
E naquela sexta-feira...
Fizeram-te carregar uma cruz pela Via Sacra
Deixando teu corpo transfigurado pela dor
Caia... Levantava-se e lá caminhava
O povo simplesmente olhava nada fazia
Com os olhos amedrontados apenas te viam
Quando chegou ao teu destino já quase desfalecia
Ainda tinha a pior parte... Aquela que tu temias...
Chegaram os soldados para que te pregassem
Naquela cruz que pelo caminho carregavas
E quando os cravos começaram a serem fincados
A dor quase já não existia, já havia transpassado
Pelo tamanho do sofrimento que já havia passado
Quando terminaram nem sequer se preocuparam
Com teus gritos abafados pelo da multidão descarada
Assim a cruz com o teu corpo desfalecido foram içados
Eles não se conformaram que ainda estavas acordado
Levantaram a lança e teu coração foi perfurado
Ó quanta covardia... Mesmo assim, ainda os perdoaste.
Ó Jesus como pode ter sido tão injustiçado
Esqueceram que ali jazia o corpo do Pai amado
E também que sua glória mais forte que a...
Humanidade

segunda-feira, 4 de março de 2013

Onde me queres levar?

Mais uma vez pela manhã estava mesmo a precisar de uma "lufada de ar", de uma esperança, de um sorriso...de algo bom...
Mais uma vez recorri ao cantinho que adoro e li isto:

"Senhor, peço-te, nesta manhã que me ajudes a crer que que não existe qualquer pecado ou fragilidade em nós que não queira um perdão. Que não existem feridas, mesmo as mais profundas, que não possam ser curadas, nem angústias que não desejem a paz.
Que o nosso olhar saiba dirigir-se a um Deus que nos acolhe com alegria. Um Deus de renascimentos e de cânticos novos..."
 
 
AMO-TE MEU DEUS, MESMO QUE POR VEZES ME AFASTE  

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Amor que mói...

Li este texto há uns dias e não me saia da cabeça...

Quando ganhas medo ao amor, ganhas medo a tudo, passas a não passar nas escadas onde mesmo preso um caniche se agiganta, não passas pelo pitbull que vai pela trela, não fazes aquela curva onde um dia te despistaste, vais 1h mais cedo para os locais de encontro com medo de chegar atrasada, pagas adiantado com medo de te esqueceres, metes o carro na garagem com medo que te roubem o carro de madrugada, mas o maior roubo tu já sofreste.


 
Tive que o transcrever.
Sim, quantas vezes ao sermos constantemente magoadas, aliás, nem é preciso muitas vezes, basta um grande amor não correspondido que nos mói por dentro meses e anos seguidos como se nos estivesse a matar...Pensamos: mas que faço? Pq não me sai ele daqui? Porque não o deixo de amar? Pq tenho tantas saudades? Pq isto...Pq aquilo?
Estará o problema nele ou nos pq’s?!
Não...está no tempo, não me venham dizer que: está em nós, que está em mim...pq não sei esquecer, porque não sei avançar, porque não sei deixar que novas pessoas entrem na minha vida!!!! tretas...deixo, entram, abafo-as, perco-as e volto ao de sempre...ele, sempre ele...
Terá isto tudo haver com o texto? Não sei...mas achei...
 
 


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Não me deixes nunca só...

Desde que me conheço que acredito em Deus, que chamo a Jesus "Meu Amigo", porque ao longo de tantos e tantos momentos destes 32 anos o senti por perto, o percebi mesmo quando os momentos eram dificeis, mesmo quando as coisas não corriam como esperava...quem me conhece de perto sabe o quanto falo sobre Ele com amor...

...mas ultimamente não o ousso, não consigo perceber, não compreendo...

Na linguagem bíblica, o coração é a interioridade do homem,
o lugar da inteligência e da vontade.

É neste sentido que São Paulo fala na sua carta aos Romanos:
«…com o coração se acredita para obter a justiça
e com a boca se professa a fé para alcançar a salvação»
Ou acredito em Jesus com todo o meu ser,
a ponto de O afirmar com as minhas próprias palavras,
ou então a minha vida é uma mistificação.


Diante d’Ele não há fingimento,
diante d’Ele está sempre a verdade de mim mesmo.
Viver com esta consciência é, ao mesmo tempo,
um duro desafio e uma alegre consolação.

É um desafio porque me põe em permanente tensão para a verdade
porque Jesus gera uma profunda atracção
que suscita a minha liberdade,
ainda que sem nada impor ou exigir.

É uma consolação porque,
conhecendo Ele a minha fragilidade e fraqueza,
enquanto me atrai, espera
e enquanto espera, aceita fazer caminho ao meu lado.
Não me deixa nunca só, não quer que eu me afaste.
Pede-me para que eu fique sempre ao alcance do Seu abraço.


Quero ser amado assim, Senhor,
para também um dia ser capaz de amar-Te assim.

Rui Corrêa d’Oliveira

 
.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Enjoy the silence...


Era mais uma manhã de trabalho, acordar ás 7:10h, levantar e tomar o pequeno almoço ainda vendo o dia clarear lá fora…chove, por isso a escuridão que se faz a essa hora ainda! Ando cansada, não sei…assim meio sem jeito,  sem energia e sem pensamentos rápidos…hum..o inverno.
Chago ao trabalho, ligo o PC e são 8h. Numa escapadela ou mesmo na busca das palavras para um bom dia sigo ao site da rádio renascença com o objectivo de encontrar a tão esperada oração daquele dia…oração nem sempre é um acumular de palavras apenas repetidas diariamente, mas textos e pensamentos que nos elevam até Ele e até nós mesmos…


Começo a sentir a falta de silêncio; onde encontrá-lo?
Hoje, o silêncio é uma raridade, mas não parece tornar-se por isso mais ambicionado. Ao longo da vida vamo-nos deixando contagiar e invadir pelo ruído constante; nem a noite nos traz silêncio. Barulhenta, ruidosa, palavrosa é a nossa vida.
Falta silêncio para saborear a palavra.
Falta silêncio para aprofundar o olhar.
Falta silêncio para escutar os silêncios do mundo e poder nomeá-los.
Falta silêncio para se poder chegar ao jamais pensado.
Falta silêncio para se sentir a falta de silêncio. Falta silêncio para o silêncio que exprime a nossa humanidade.
Falta silêncio para aprendermos a habitar o silêncio; a não temer o silêncio; a aceitar que ele se exprima e nos fale das dimensões silenciosas e silenciadas em nós.
Falta silêncio; aquele silêncio que é fonte de contemplação, raiz do desejo, morada da palavra, cimento da relação.

                                                                                                                              Isabel varanda



Falta-me silêncio para chegar a ti, parar de dizer dispara-tes e ser apenas eu…eu alegria, eu sorriso, eu ambição, eu frágil e eu forte, eu da maneira que me conheces-te… Para ti…entendes?
 

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

O que estão dispostos a dar por ti?


Muitas vezes temos que ser fortes por nós mesmos, acreditar em nós, na nossa pessoa, nas nossas maravilhas e capacidades, no ser fantástico que somos sem qualquer dúvida. O que é para acontecer vai acabar por acontecer…
Claro que vale a pena lutar por amor, vale a pena ir atrás, vale a pena tentar… mas esta não pode ser a nossa única luta. Às vezes, as pessoas precisam lutar po ti.
 Se não fizerem isso, apenas tens que seguir em frente e perceber o que estava errado, ou apenas não era para acontecer, o que lhes destes era mais do que estavam dispostos a dar por ti...
 
 
uncomfortablesoul:

Sometimes you have to be strong for yourself. What’s meant to be will end up good and what’s not - won’t. Love is worth fighting for, but sometimes you can’t be the only one fighting. At times, people need to fight for you. If they don’t, you just have to move on and realize what you gave them was more than they were willing to give you.
 

domingo, 6 de janeiro de 2013

em "Dia do grito" Janeiro

O dia mais belo: hoje
A coisa mais fácil: errar
O maior obstáculo: o medo
O maior erro: o abandono
A raiz de todos os males: o egoísmo
A distração mais bela: o trabalho
A pior derrota: o desânimo
Os melhores professores: as crianças
A primeira necessidade: comunicar-se
O que traz felicidade: ser útil aos demais
O pior defeito: o mau humor
A pessoa mais perigosa: a mentirosa
O pior sentimento: o rancor
O presente mais belo: o perdão
o mais imprescindível: o lar
A rota mais rápida: o caminho certo
A sensação mais agradável: a paz interior
A maior proteção efetiva: o sorriso
O maior remédio: o otimismo
A maior satisfação: o dever cumprido
A força mais potente do mundo: a fé
As pessoas mais necessárias: os pais
A mais bela de todas as coisas: O AMOR!!!
 
Madre Tereza de Calcutá

sábado, 5 de janeiro de 2013

serei autor da minha história...

 

Vocês podem calar a minha voz, mas não os meus pensamentos! Vocês podem acorrentar o meu corpo, mas não a minha mente! Não serei plateia desta sociedade doente, serei autor da minha história! Os fracos querem controlar o mundo; os fortes o próprio ser! Os fracos usam as armas, os fortes as ideias.
 
Augusto Cury
 

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013



"O que é pior, novas feridas que são horrivelmente dolorosas ou velhas feridas que deviam ter sarado anos atrás mas nunca o fizeram? Talvez velhas feridas nos ensinem algo. Elas nos lembram onde estivemos e o que superamos. Nos ensinam lições sobre o que evitar no futuro. É como gostamos de pensar. Mas não é o que acontece, é? Algumas coisas nós apenas temos que aprender de novo, e de novo, e de novo... "
 
frases de Grey's Anatomy 


quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Amar a Vida...


Não fiz nenhum post de memórias ou qualquer tipo de balanço sobre 2012. Não escrevi o que esperava de 2013, mesmo sabendo que tudo depende de atitudes perante todos os obstáculos numa possibilidade infinita de oportunidades no mesmo ano. Mas sim, preciso de mudanças, melhorias, diferenças, atitudes, sorrisos e amor.
Ontem peguei num livro que a minha melhor amiga me deu no passado ano. Sobre o objectivo da oferta cresceu em mim um entusiasmo e enorme curiosidade por o ler. Fui lendo, ia encontrando frases e trechos interessantes, mas ia questionando-me: onde me leva isto tudo? Acho que tinha criado uma ideia de salvação que iria encontrar por magia neste livro. Ia lendo alguns capítulos, ia esquecendo livro por semanas, meses…de vez em quando retomava de onde tinha parado…e ontem foi um desses dias…encontrei este parágrafo de uma carta de uma das personagens.
 
 

…“Entre os que têm síndrome de pânico, tenho encontrado um desejo invejável de viver. Quando um ataque de pânico os atinge, o cérebro deles entra em estado de alerta, tentando-os proteger de uma grande situação de risco, um risco virtual. Ficam com taquicardias, ofegantes e suam muito, procurando fugir da síncope ou da morte, uma morte imaginária que só existe no teatro das suas mentes. Se aprendessem a recuperar a liderança do eu nas suas crises, seriam livres do carcere do medo. Quem dera que os que consomem drogas, os que vivem perigosamente, os terroristas, os que promovem guerras tivessem a consciência da finitude da vida e da grandeza da existência que os portadores da síndrome de pânico possuem. Apesar do sofrimento imposto pelo pânico, amam a vida. Queria amar a vida como eles a amam, viver cada minuto como fosse um momento eterno.”…

Eu tenho crises de pânico, e sinto uma vontade imensa de viver…mas achei a ultima frase verdadeiramente tocante…sim, é verdade quero amar e amo esta vida por mais obstáculos que se ponham nos meus diferentes caminhos a escolher…mas vou vivendo e quero viver mais e com mais afinco todas as oportunidades de Deus me dá de ser feliz.